top of page
Buscar

Dia Internacional da Mulher e muita luta pela frente!

Em 8 de março de 1917, tecelãs russas entraram em greve para buscar melhores condições de trabalho, inclusive, equiparando direitos já concedidos a homens. E 106 anos depois, muita coisa mudou, mas ainda há uma longa luta pela frente.


Neste Dia Internacional da Mulher, a equipe da Tr3s relembra aqui no blog o ODS 5 (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável), da Organização das Nações Unidas (ONU) e como ele contribui para o avanço da igualdade feminina no mundo atual.


Vamos, juntos, mergulhar neste conteúdo que traz “Alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas” como objetivo.


Você já conhecia o ODS 5?


Segundo a ONU, os ODS são um apelo global a ação para acabar com a pobreza, proteger o meio ambiente e o clima e garantir que as pessoas, em todos os lugares, possam desfrutar de paz e de prosperidade.


Entre eles, há o objetivo 5: “Alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas”.


Damos destaque, a seguir, às premissas contidas neste ODS 5, para mostrar que essa luta deve ser um compromisso geral da sociedade e que ainda há muito por fazer:


  • Acabar com todas as formas de discriminação contra todas as mulheres e meninas em toda parte;


  • Eliminar todas as formas de violência contra todas as mulheres e meninas nas esferas públicas e privadas, incluindo o tráfico e exploração sexual e de outros tipos;


  • Eliminar todas as práticas nocivas, como os casamentos prematuros, forçados e de crianças e mutilações genitais femininas;


  • Reconhecer e valorizar o trabalho de assistência e doméstico não remunerado, por meio da disponibilização de serviços públicos, infraestrutura e políticas de proteção social, bem como a promoção da responsabilidade compartilhada dentro do lar e da família, conforme os contextos nacionais;


  • Garantir a participação plena e efetiva das mulheres e a igualdade de oportunidades para a liderança em todos os níveis de tomada de decisão na vida política, econômica e pública;


  • Assegurar o acesso universal à saúde sexual e reprodutiva e os direitos reprodutivos, como acordado em conformidade com o Programa de Ação da Conferência Internacional sobre População e Desenvolvimento e com a Plataforma de Ação de Pequim e os documentos resultantes de suas conferências de revisão;


  • Realizar reformas para dar às mulheres direitos iguais aos recursos econômicos, bem como o acesso à propriedade e controle sobre a terra e outras formas de propriedade, serviços financeiros, herança e os recursos naturais, de acordo com as leis nacionais;


  • Aumentar o uso de tecnologias de base, em particular as tecnologias de informação e comunicação, para promover o empoderamento das mulheres;


  • Adotar e fortalecer políticas sólidas e legislação aplicável para a promoção da igualdade de gênero e o empoderamento de todas as mulheres e meninas em todos os níveis.


Vale ressaltar que esta é uma luta de todos nós, combinado? Sociedade, empresas, imprensa etc.


Todos podem contribuir para a redução da desigualdade!



2 visualizações0 comentário

Bình luận


bottom of page