Buscar

Indicadores e primeira infância: juntos, abrem caminhos para um Brasil menos desigual

Saiba mais sobre a atuação da Tr3s em projeto com o Ministério da Cidadania, a Fundação Maria Cecília Souto Vidigal e Instituto Tellus


A primeira infância é uma das etapas mais importantes para o desenvolvimento das crianças. Até os seis anos de idade, damos os primeiros passos em direção ao que vamos ser no futuro e também é quando fortalecemos as habilidades cognitivas e comportamentais básicas.


No entanto, há muito a ser feito com relação às políticas públicas voltadas para esse público. Dados da Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal (FMCSV) mostraram que, em 2020, 42% das mais de 17 milhões de crianças na primeira infância ainda não tinham acesso à creche. Além disso, ocorreram mais de 32 mil notificações de violência infantil em todo o Brasil.


Atualmente, o Ministério da Cidadania conta com três iniciativas direcionadas à primeira infância: o Programa Criança Feliz (PCF), o Programa de Atenção Integral à Família (PAIF) e o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV). Porém, nem sempre eles funcionam plenamente integrados.


Por isso, uma parceria entre a FMCSV, o Instituto Tellus e a Tr3s busca aprimorar essa integração de maneira a melhorar a eficiência, eficácia e efetividade dessas ações no território nacional. Partindo de uma Trilha de Integração produzida pelos demais parceiros, a Tr3s está desenvolvendo indicadores que vão avaliar a conexão entre os programas em cada cidade e medir o nível de sucesso da Trilha proposta.


Neste momento, a Trilha e os indicadores estão em processo de consulta junto a gestores municipais, com o intuito de aprimorá-los e assegurar sua máxima efetividade.


Em breve, esperamos que os materiais estejam disponíveis para todos os que atuam com o tema e projetos sociais da primeira infância, e que o país possa dar um importante passo no atendimento desse público.


Saiba mais aqui.

3 visualizações0 comentário